header top bar

section content

Treze ainda aguarda a liberação da Lusa para poder contar com Marcelinho Paraíba

Clube de Campina Grande explica que ainda espera a Portuguesa registrar a rescisão do jogador junto à CBF para poder regularizá-lo. Ele já está treinando no Galo há duas semanas

Por Priscila Belmont

11/01/2018 às 09h35

Marcelinho Paraíba

A expectativa do torcedor do Treze em contar com Marcelinho Paraíba no time comandado pelo técnico Oliveira Canindé deve aumentar ainda mais, já que, por enquanto, a estreia do meia está adiada por tempo indeterminado. É que, segundo o clube paraibano, a Portuguesa – que é o clube anterior do jogador – ainda não o liberou.

Através da sua assessoria de imprensa, o Treze garantiu que já fez tudo o que poderia ser feito para regularizar a situação de Marcelinho Paraíba e deixá-lo à disposição da comissão técnica. E agora o clube aguarda um posicionamento da Portuguesa. Porém, segundo o Galo, o clube paulista ainda não oficializou a rescisão do jogador no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, impedindo que o meia atue com a camisa alvinegra.

Marcelinho Paraíba foi contratado pela Portuguesa como principal reforço para a disputa da Série D do Brasileiro de 2017. O time noticiou também, em setembro do ano passado, a renovação do contrato do atleta até a Série A2 do Campeonato Paulista deste ano. Mas o Treze garante que tem todas as documentações que oficializam a aquisição do jogador, que foi apresentado como reforço no dia 22 de dezembro.

A diretoria do Treze espera agora que a Portuguesa faça a parte dela. Enquanto isso, o jogador segue se preparando e treinando junto com o elenco para as competições oficiais do Galo em 2018.

Sem Marcelinho, o Alvinegro de Campina Grande já entrou em campo duas vezes nesta temporada: empatou por 1 a 1 com o Cordino pela fase preliminar da Copa do Nordeste e venceu o Auto Esporte por 2 a 1 pelo Campeonato Paraibano. E, ainda sem o meia, o Treze vai a campo nesta quinta-feira para o jogo da volta contra o Cordino. O Galo precisa vencer ou empatar sem gols para carimbar o passaporte rumo ao Grupo A da Copa do Nordeste junto com o CRB, Confiança e Santa Cruz. Se empatar por 1 a 1, vai para os pênaltis e, se empatar por 2 a 2 ou mais ou se perder, estará eliminado. O jogo contra os maranhenses será às 20h, no Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande.

Globo Esporte PB

ENTREVISTA

No Xeque-Mate, corretor avalia que Cajazeiras é melhor do que Sousa para investir no mercado imobiliário

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”