header top bar

section content

PSG mantém interesse no brasileiro Willian, do Chelsea

Ele tem mais 18 meses de contrato, mas política de não oferecer contratos longos para jogadores com mais de 30 anos pode dificultar permanência

Por R7

08/02/2019 às 07h05

Willian é um dos grandes ídolos recentes do clube (Foto: Glyn Kirk/AFP/Lance)

No último dia da janela de transferências, a imprensa europeia especulou um interesse do PSG em Willian, do Chelsea e da Seleção Brasileira, como uma peça que substituiria Neymar, lesionado e fora por dez semanas. Segundo o jornal inglês ‘The Mirror’, o interesse do clube parisiense no jogador permanece.

Política do clube

Willian tem contrato com o Chelsea por mais 18 meses, mas já tem 30 anos e não se sabe se os Blues vão quebrar, com o atacante, a política de não dar novos contratos longos para jogadores acima dessa faixa etária. Com isso, o PSG segue monitorando o brasileiro.

Retrospecto

Na atual temporada, Willian é um dos jogadores que mais participou de jogos do Chelsea. São 37 ao todo, com sete gols e sete assistências. O jogador chegou no clube em 2013, vindo o Anzhi. São 237 partidas, com 51 gols e 46 assistências, em sua carreira nos Blues.

Seleção PSG

A primeira oferta do Chelsea por Willian, no último dia da janela, segundo o ‘Daily Mail’, foi de 40 milhões de libras (R$ 193 milhões). Caso fosse, de fato, para o PSG, o jogador seria o quinto jogador da Seleção Brasileira no clube, que já conta com Marquinhos, Thiago Silva, Daniel Alves e Neymar.

Fonte: R7 - https://esportes.r7.com/lance/futebol/psg-mantem-interesse-no-brasileiro-willian-do-chelsea-07022019

Tags:

Recomendado para você pelo google

É DA OPOSIÇÃO

VÍDEO: Dra Paula revela que João Azevedo já está atendendo a pedidos do prefeito de Cajazeiras

FICOU PRESO ÀS FERRAGENS

PRF conta detalhes do acidente que vitimou vendedor da Região de Cajazeiras e deixou mulher ferida

VÍDEO

Aliado do governador bate de frente com presidente da CDL e garante funcionamento do IPC em Cajazeiras

NOVOS RUMOS

VÍDEO: Em Patos, assembleia da Paraíba debate sustentabilidade e desenvolvimento regional no Sertão