header top bar

section content

Real investe mais de R$ 1,3 bi em reforços e bate recorde da geração de Kaká e Cristiano Ronaldo

Florentino gasta como nunca para reformular elenco com Hazard, Jovic, Mendy, Militão e Rodrygo

Por Globo Esporte

13/06/2019 às 08h13

Benzema, Cristiano Ronaldo e Kaká chegaram juntos ao Real Madrid em 2009 (Foto: Getty Images)

Florentino Pérez voltou a abrir os cofres e, desta vez, gastou dinheiro como nunca para reformular o elenco do Real Madrid. Com os cinco nomes anunciados até aqui, foram € 303 milhões (R$ 1,3 bilhão) investidos em reforços nesta janela – fora bônus. Ainda que o período para contratações esteja só no início, trata-se de um valor recorde, superando até mesmo a histórica janela de 2009, que levou para Madri gente como Cristiano Ronaldo, Kaká, Benzema, Xabi Alonso…

É bem verdade que o mercado está muito mais inflacionado do que aquele de 10 anos atrás. Contratado por € 96 milhões, Cristiano Ronaldo se tornou o jogador mais caro da história à época – e por algum tempo ficou nesse posto. Kaká, que custou € 65 milhões, veio lá na sequência. Hoje, os € 100 milhões que o Real pagou ao Chelsea por Hazard parecem modestos se comparados, por exemplo, aos € 222 milhões que o PSG investiu para tirar Neymar do Barcelona há dois anos.

Além de Hazard, o Real já anunciou os reforços do atacante sérvio Jovic, do lateral-esquerdo francês Ferland Mendy e dos brasileiros Eder Militão e Rodrygo. Nenhum deles custou menos de € 45 milhões, o que explica o investimento recorde de Florentino Pérez.

Dentre os reforços, Jovic foi o único nome apresentado até aqui. Hazard terá seu primeiro contato com a torcida nesta quinta-feira, em grande evento badalado pela diretoria merengue no Santiago Bernabéu. Os brasileiros e o francês se juntarão nos próximos dias. Rodrygo, inclusive, já se despediu do Santos.

As contratações mais caras da história do Real
Gareth Bale – € 101 milhões em 2013
Hazard – € 100 milhões em 2019
Cristiano Ronaldo – € 96 milhões em 2009
Zidane – € 78 milhões em 2002
James – € 75 milhões em 2014
Kaká – € 65 milhões em 2009
Jovic – € 60 milhões em 2019
Figo – € 60 milhões em 2000
Militão – € 50 milhões em 2019

Enquanto investe em reforços, o clube deve se desfazer de alguns nomes da vitoriosa geração que conquistou quatro Ligas dos Campeões em cinco anos. Por exemplo, Marcelo, que viu o Reguilón deixá-lo no banco em alguns jogos do Campeonato Espanhol, vê seu protagonismo ainda mais reduzido com a chegada de Mendy e é um dos nomes cotados para sair, assim como Bale e Kroos.

Fonte: Globo Esporte - https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/real-investe-mais-de-r-13-bi-em-reforcos-e-bate-recorde-da-geracao-de-kaka-e-cristiano-ronaldo.ghtml

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Secretário de João Azevêdo defende aproximação de Dra Paula e Zé Aldemir ao Governo estadual

BRIGA NO CARNAVAL

VÍDEO: Autoridades policiais revelam que suspeitos do crime na Vila Nova em Cajazeiras alegaram vingança

SAÚDE

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe médico radiologista e tira dúvidas sobre os exames por imagem

CRISE NO PSB

VÍDEO: Nonato Bandeira evita dar resposta a Ricardo por determinação de João Azevêdo: “Estamos focado no trabalho”