header top bar

section content

Palmeiras e Atlético-MG empatam em 1 a 1 no Allianz parque

Galo pula na frente com Nathan, mas Verdão garante igualdade em belo gol de Dudu. Distância para o Flamengo agora é de cinco pontos

Por CBF

07/10/2019 às 08h41

Em São Paulo, Palmeiras e Atlético-MG duelaram em partida válida pela 23ª rodada da Série A (Créditos: Bruno Ulivieri/AGIF)

Tudo igual neste domingo (6) em São Paulo. Em duelo no Allianz Parque, Palmeiras e Atlético-MG empataram em 1 a 1, pela 23ª rodada do Brasileirão. Nathan abriu o placar para os mineiros, ainda no primeiro tempo. Já na etapa final, Dudu marcou e evitou a derrota do Verdão em casa.

O resultado não é nada bom para o Palmeiras: com 47 pontos na vice-liderança, a equipe de Mano Menezes vê o líder Flamengo abrir cinco pontos. Já os comandados de Rodrigo Santana aparecem em 11ª, com 31.

Mesmo jogando na casa do Palmeiras, o Atlético-MG impôs seu ritmo no primeiro tempo, indo para o intervalo com 10 finalizações contra três do Verdão, além do 1 a 0 no placar. O gol foi nos acréscimos: Nathan recebeu a bola no campo de ataque, pedalou pra cima da defesa, puxou para o pé direito e chutou cruzado, rasteiro, sem chances para Weverton.

Em vantagem, o Galo se fechou mais na segunda etapa, tentando explorar os contra-ataques. O Verdão, por sua vez, passou a pressionar bastante. E deu certo. Na marca dos 37 minutos, Dudu fez linda jogada, passou por dois marcadores atleticanos e bateu no canto, sem chances para o goleiro Cleiton. No fim, a igualdade justificou o equilíbrio da partida.

CBF

Recomendado para você pelo google

MUITA HISTÓRIA

VÍDEO: Idosa da cidade de Patos completa 107 anos com lucidez e bom humor; conheça sua história de vida

ROTINA

VÍDEO: Homem é preso na cidade de Cajazeiras após furtar celulares de loja em dois dias seguidos

NÃO QUIS ESPERAR

VÍDEO: Vereador de Itaporanga rompe com deputado estadual e anuncia que será candidato a prefeito

NOVO DECRETO

VÍDEO: Exonerações, cortes e proibições na prefeitura de Cajazeiras é para garantir 13º, diz secretário