header top bar

section content

PLANO B: Jogos do Atlético de Cajazeiras podem ser transferidos para estádios em Itaporanga ou Patos

Por precaução, a diretoria atleticana já pensa em alternativas para jogar longe do estádio Perpetão em Cajazeiras caso a punição seja mantida.

Por Redação Diário

08/02/2017 às 08h56 • atualizado em 08/02/2017 às 08h57

Atlético-PB volta ao G-4 (Foto: Diário do Sertão)

O departamento jurídico do Atlético de Cajazeiras recorreu da decisão do Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJD-PB), que puniu o clube com a perda de quatro mandos de campo no Campeonato Paraibano e multa de R$ 10 mil.

Segundo a secretaria do TJD-PB, a documentação do clube já foi recebida, mas ainda não há previsão para o novo julgamento acontecer.

Por precaução, a diretoria atleticana já pensa em alternativas para jogar longe do Perpetão caso a punição seja mantida.

O clube aguarda a confirmação da data do julgamento para tentar, pelo menos diminuir a pena. Mas, enquanto isso, já planeja uma estratégia caso a punição seja mantida. Através da sua assessoria de imprensa, a diretoria do Trovão informou que cogita mandar seus jogos no José Cavalcanti, em Patos, ou no Zezão, em Itaporanga.

Os próximos jogos do Atlético-PB como mandante no Campeonato Paraibano são contra Serrano-PB (no dia 15), Treze (1º de março), Paraíba (5 de abril), CSP (9 de abril) e Internacional-PB (30 de abril). O Trovão Azul ocupa atualmente a terceira colocação no estadual, com 11 pontos, mesma pontuação de Inter-PB e Serrano-PB, mas superando os rivais por ter melhor saldo de gols.

+ E AGORA? Atlético, Paraíba e Sousa realizarão manifesto contra erros de arbitragem: “A FPF tem que tomar uma posição”

+ Punição ‘severa’ ao Atlético causa revolta em Cajazeiras; Torcedores discordam. VEJA!

+ Revoltado com punição ao Atlético, dirigente diz que vai propor campeonato do Sertão

ENTENDA O QUE ACONTECEU
A punição foi imposta após julgamento realizado no último dia 30 de janeiro, pela 1ª Comissão Disciplinar do TJD-PB. O Atlético-PB foi punido por conta da confusão que aconteceu na partida contra o Botafogo de João Pessoa, no Perpetão, em Cajazeiras, no dia 11 de janeiro, pela segunda rodada do estadual.

Já no segundo tempo do jogo, jogadores e integrantes das comissões técnicas dos dois times se envolveram em um tumulto generalizado. O Belo e o seu preparador de goleiros, Austrália, também foram julgado. O Alvinegro de João Pessoa foi absolvido e Austrália foi suspenso por quatro partidas.

Já o Trovão Azul foi punido a partir dos artigos 211 e 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que falam da incapacidade de “tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordem em sua praça de desporto”. No entendimento da 1ª Comissão Disciplinar, o clube foi responsável pelos tumultos ocasionados no Perpetão e, por isso, foi punido com a perda de quatro mandos de campo e com multa de R$ 10 mil.

Incomodados com a decisão, os jogadores atleticanos entraram com uma faixa pedindo respeito ao clube antes da partida contra o Auto Esporte, no Perpetão, na última quarta-feira (1º).

DIÁRIO DO SERTÃO com GE

Recomendado para você pelo google

EM SOUSA

Radialista revela que “vítima da mão pesada e dos chutes do prefeito Tyrone” disputará eleições em 2020

VÍDEO

Comandante do Corpo de Bombeiros aponta possíveis causas do incêndio no lixão de Cajazeiras

SAÚDE

VÍDEO: Programa Xeque Mate fala sobre a saúde de Cajazeiras e recebe popular e diretoras do HUJB e HRC

REFORMA AGRÁRIA

VÍDEO: Coordenadora da CPT Sertão afirma que terras são um direito dos camponeses e não do agronegócio