header top bar

section content

Com 36 jogadores, Felipão inicia ‘ajuste fino’ no elenco do Palmeiras

Técnico recebeu além de cinco reforços, jogadores que voltam de empréstimo e que vão ser analisados. Pedrão e Vitinho, por exemplo, já têm negociações mais avançadas para saírem

Por R7

06/01/2019 às 09h24

Luiz Felipe Scolari começou a pré-temporada de 2019 com 36 jogadores no elenco

Luiz Felipe Scolari começou a pré-temporada de 2019 com 36 jogadores no elenco. Sem perder nenhuma peça importante do grupo campeão brasileiro e com reforços que preencheram carências detectadas, o treinador agora fará “ajustes finos” no grupo, que deverá ter nos próximos dias algumas saídas. Pedrão e Vitinho, ambos oriundos da base, devem puxar a fila.

Há, ainda, jogadores que voltaram de empréstimo e estão sob a análise de Felipão, além dos que atuaram pouco na temporada passada e chamam a atenção de outras equipes. Tanto o Paulista quanto a Libertadores têm números limitados de inscrições: 26 e 30 jogadores, respectivamente. Além disso, o clube ainda deseja a contratação de Ricardo Goulart.

– Diziam que o Palmeiras tem um elenco grande, mas tínhamos 28 atletas (em 2018) e tivemos dificuldades, ficamos limitados em algumas posições. Não falarei em números, mas um ou outro vai sair. Todos que estão aqui, sem exceção, o Felipão pediu para, pelo menos, observar – afirmou o diretor de futebol Alexandre Mattos.

FABIANO
O lateral-direito estava emprestado na última temporada ao Internacional e jogou em 25 rodadas do Brasileiro. O Colorado mostrou interesse em mantê-lo, mas ainda não chegou a um acordo com o Palmeiras, que não se mostrou disposto a emprestá-lo novamente e ainda pagando parte de seus salários, como aconteceu em 2018.

O Verdão renovou nesta janela com Mayke e Marcos Rocha para a posição, o que aumenta a chance de Fabiano não permanecer. Ao mesmo tempo, o clube se mostra mais interessado em uma negociação definitiva do que um novo empréstimo. Por enquanto, ele segue treinando na Academia.

PEDRÃO
O zagueiro de 21 anos de idade será negociado e tem no momento duas opções: ou Coritiba ou Basel, da Suíça. No caso do clube paranaense, ele seria cedido para jogar nesta temporada, enquanto a equipe europeia mostrou interesse em tê-lo também por empréstimo, mas com ao menos opção de compra ao término do vínculo.

Considerado promissor, o defensor de 1,94m fez parte do elenco campeão brasileiro, só que não conseguiu jogar. Sua única partida no elenco profissional aconteceu durante a inter temporada no Panamá, em julho.

NICO FREIRE
Contratado em julho, o zagueiro argentino também atuou apenas uma vez, durante a excursão pela América Central. No Brasileiro, foi relacionado com frequência, mas nunca entrou.

Seu empréstimo é válido até o meio de 2019 e o Palmeiras tem opção de compra, mas é possível que o camisa 4 seja negociado. Nico foi aprovado por Roger Machado, que na época o considerou um especialista com a perna esquerda e sentia falta dessa opção no elenco. Só que agora Juninho retornou do Atlético-MG e é canhoto, assim como ele.

JUNINHO
Contratado por R$ 10 milhões em 2017, Juninho passou boa parte de 2018 emprestado ao Atlético-MG. Sem conseguir se firmar no Verdão de cara, o zagueiro ganhou rodagem em Belo Horizonte e agora está sob a análise de Luiz Felipe Scolari.

Caso a saída de Nico Freire se confirme, ele deve ser mantido, já que é um canhoto e pode jogar também como lateral-esquerdo, se Felipão quiser em algum momento ter um jogador mais defensivo na posição.

ALLIONE
O meia-atacante de 24 anos de idade é jogador do Palmeiras desde 2014, mas convive com empréstimos. Após se destacar no Bahia em 2017, acabou novamente cedido em 2018 ao Tricolor de Aço, contudo não repetiu o bom desempenho da primeira passagem.

No ano passado, também fez a pré-temporada no Verdão e acabou ficando fora da lista de inscritos do Paulista. Por saber que jogaria muito pouco no primeiro semestre, topou voltar ao Bahia – sua negociação, inclusive, deu a preferência para aquisição de Zé Rafael, reforço para 2019.

VITINHO
Vitinho já foi emprestado ao Barcelona B (ESP) para a temporada europeia de 2017/2018, e será novamente cedido em 2019. A ideia é dar rodagem ao meia formado no clube, tratado como uma promessa, só que ainda com poucas oportunidades no Verdão.

O Guarani foi citado como um interessado no armador, mas a negociação ainda não foi concretizada. O Palmeiras já informou que ele será cedido, assim como Pedrão.

GUERRA
Guerra terá concorrência pesada neste ano (Foto: Cesar Greco)

Além de já ter chamado a atenção de outras equipes nesta janela, como o Cerro Porteño (PAR), Guerra terá de lidar com uma concorrência grande no Palmeiras, caso permaneça.

Gustavo Scarpa, Lucas Lima, Zé Rafael, Moisés e Raphael Veiga, que voltou de empréstimo, são os outros armadores no elenco. No Brasileiro, o venezuelano fez apenas nove partidas e marcou uma vez.

ERIK
Destaque do Botafogo no segundo semestre de 2018, Erik entrou nos planos do Palmeiras para iniciar 2019. Só que a equipe carioca ainda tenta receber o atacante por empréstimo de um ano.

Contratado em 2016, pode ser mais uma opção de velocidade, algo que Felipão sentiu falta no último ano. Carlos Eduardo e Felipe Pires já foram contratados para isso.

Fonte: R7 - https://esportes.r7.com/lance/com-36-jogadores-felipao-inicia-ajuste-fino-no-elenco-do-palmeiras-06012019

Recomendado para você pelo google

DIAS 30 E 31 DE MARÇO

VÍDEO: Comédia “Escolinha Profana”, dos criadores do “Pastoril Profano”, se apresentará em Cajazeiras

ÚLTIMOS PROCEDIMENTOS

VÍDEO: Cemitério da Zona Norte de Cajazeiras deverá ser construído ainda neste ano, afirma secretária

DE OLHO NO TURISMO

VÍDEO: Prefeito de Monte Horebe revela que está planejando festival de inverno com uma semana de eventos

FALECEU NESTE DOMINGO

VÍDEO: Sepultamento do advogado Júnior Bento é marcado por homenagens emocionantes da família e amigos