header top bar

section content

Presidente da CBF garante Tite mesmo com queda na Copa América

Rogério Caboclo, que assume em abril, esteve no evento que lançou venda de ingressos para jogos do torneio e diz que contrato com treinador é de 4 anos

Por R7

11/01/2019 às 07h53 • atualizado em 11/01/2019 às 07h54

Caboclo garantiu permanência para motivar Tite na Copa América (Foto: Divulgação / Flickr - CBF)

O futuro presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) garantiu a permanência do técnico Tite à frente da seleção brasileira mesmo em caso de eliminação na Copa América, que será disputada no Brasil. O dirigente, que assume em abril, conversou com jornalistas durante evento de lançamento da venda de ingressos para a competição.

Em entrevistas recentes, Tite tem falado que poderia perder o emprego em caso de fracasso da seleção brasileira na Copa América. O dirigente desmentiu o treinador, garantindo sua permanência à frente da equipe até a Copa do Mundo de 2022, no Qatar.

— Disse ao Tite que, se isso motivá-lo para a disputa da Copa América, pode continuar pensando assim. Mas ele tem contrato até o Mundial do Qatar e vai continuar até lá.

O cartola dividiu os holofotes com Cafu no evento que aconteceu nesta quinta-feira (10) na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

Caboclo foi eleito em 2018 como sucessor de Marco Polo Del Nero na presidência da CBF. Apesar de assumir oficialmente o cargo somente em abril, ele já comparece a eventos representando a entidade.

Fonte: R7 - https://esportes.r7.com/futebol/presidente-da-cbf-garante-tite-mesmo-com-queda-na-copa-america-10012019

DÍVIDAS ALTAS

EXCLUSIVO: Juiz se pronuncia sobre processo trabalhista que pode tirar Atlético do Campeonato Paraibano

FUTEBOL

VÍDEO: Diário Esportivo traz resumo da 2ª rodada do Paraibano e detalhes da nova contratação do Atlético

COM CHICO CARDOSO

VÍDEO: ‘Briga’ entre Zé Aldemir e Airton, e Tyrone com os Gadelhas são os destaques do Direto ao Ponto

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Advogadas tiram dúvidas sobre Previdência Social e criticam atendimento no INSS de Cajazeiras