header top bar

section content

Apaixonado pela arbitragem, jovem cearense vive dias inesquecíveis apitando em jogo do Ceará e Vasco

Iaslan Gomes viajou de Aracati para a capital cearense e realizou sonho recebendo lições do ofício que tanto ama. Jovem participou do protocolo de Ceará x Vasco

Por CBF

27/10/2019 às 09h35

Iaslan Gomes (Foto: Créditos: Pedro Martins / CBF)

O futebol é conhecido por despertar paixões. A arbitragem é parte importante do esporte mais popular do mundo e também conquistou o coração de um jovem brasileiro. Iaslan Gomes tem 15 anos, é de Aracati (CE), que fica a 150 quilômetros da capital Fortaleza, e desde cedo tem o sonho de ser árbitro. Através da Federação Cearense de Futebol, que deu apoio ao CBF Social na passagem pelo Ceará, o menino participou do Apitinho de Ouro.

Os três dias de ações foram bastante especiais para o menino. Ao lado da mãe, ele viajou por aproximadamente três horas até o CT do Ceará, onde foram realizados os treinos, e ficou bastante contente pelas orientações recebidas. Neste sábado (26), quando chegou a hora de ir ao Castelão, o jovem teve uma experiência ainda mais especial, participando do protocolo de entrada do trio de arbitragem no gramado da partida entre Ceará e Vasco, válida pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O momento é avaliado por ele como especial.

– É uma sensação de felicidade. Estar presente, convivendo no meio, aprendendo o que é arbitragem, as sinalizações… Aprender estes aspectos está sendo muito bom. Além de um projeto que tenta incentivar a gente para a arbitragem, também nos motiva no aspecto da cidadania. Estamos aprendendo a respeitar os mais velhos e aprendendo a lidar com situações dentro e fora de campo – declarou.

Iaslan Gomes entrou em campo com o trio de arbitragem de Ceará x Vasco
(Créditos: Pedro Martins / CBF)

Iaslan Gomes mostrou ter postura de árbitro nos treinamentos. Pelo bom desempenho apresentado, o jovem foi um dos quatro selecionados para entrar em campo com o trio de Ceará e Vasco, formado pelos gaúchos Jean Pierre Gonçalves , Lucio Beiersdorf Flor e Michael Stanislau. O jovem carregou a bola do jogo, tirou o cara ou coroa e, sob o comando do árbitro Jean Pierre, ainda passou orientações aos capitães do Vozão e do Cruzmaltino. Após a partida, o menino descreveu o que aconteceu na ocasião.

– Arrepiei, com toda certeza! Quero agradecer a todos da CBF e da Federação Cearense de Futebol por proporcionarem este momento inesquecível para a gente! – enfatizou.

O Apitinho de Ouro fez a diferença na passagem por Fortaleza (CE). O projeto está de volta e vai levar os valores e lições da arbitragem para todo o país!

SOFRIMENTO E SUPERAÇÃO

VÍDEO: Mulher que foi abusada até 16 anos diz que pedófilo não é doente mental e cita questão ‘cultural’

SEM ESCOLA

VÍDEO: Subnotificação de casos de abuso sexual de crianças aumentou na pandemia, alerta psicólogo

ALERTA

VÍDEO: Alunos das escolas de Ipaumirim-CE produzem vídeos emocionantes contra abuso sexual de crianças

PALAVRA DE VIDA

VÍDEO: Pastor de Igreja Evangélica de Cajazeiras fala sobre depressão e ora pela vida das pessoas

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!