header top bar

section content

Campeão do Mundo, Dalla Déa acompanha Seleção Sub-15 no Paraguai

Técnico da Seleção Sub-17 integra comissão técnica da equipe Sub-15 no Sul-Americano e observa de perto atletas que poderão seguir na Seleção Brasileira

Por CBF

07/12/2019 às 13h08

Guilherme Dalla Déa acompanha Seleção Sub-15 no Sul-Americano 2019 (Créditos: Bruno Pacheco/CBF0

O técnico da Seleção Brasileira Sub-17 campeã do mundo, Guilherme Dalla Déa, já está de olho na geração que defenderá o título em 2021. O treinador está no Paraguai junto à Seleção Brasileira Sub-15, comandada por Paulo Victor Gomes, e que disputa o Sul-Americano, competição mais importante para a categoria.

O processo de integração entre os treinadores e membros das comissões técnicas da Seleção Brasileira permite maior diálogo e compartilhamento de conceitos, de filosofias de jogo e, principalmente, de conhecimento dos atletas. A presença de Dalla Déa é parte da transição pela qual passarão esses jogadores. A partir do próximo ano, eles já farão parte das equipes Sub-16 e Sub-17.

– É extremamente importante essa integração entre as comissões. Todos são parte dessa nossa conquista recente. Esses meninos estão aqui no Sul-Americano num momento muito parecido com o que vivemos na Copa do Mundo, jogando fases decisivas. Estou aqui para passar essa energia positiva do que vivenciamos lá. Futuramente esses atletas estarão trabalhando conosco. Precisamos fazer essa transição bem suave. Conversar com eles, ir conhecendo no dia a dia, mostrando nossas experiências.

O treinador campeão do mundo acompanha toda a rotina de treinamentos e jogos, observando os meninos. Não é a primeira vez que Dalla Déa os acompanha de perto. Ele esteve com o grupo durante a disputa do Torneio Internacional na Granja Comary, em setembro.

– Muito importante estar aqui para conhecer ainda mais os atletas, o comportamento deles. Essa Seleção Sub-15 é muito boa, muito talentosa. Tenho certeza que esses meninos seguirão representando o Brasil.

Guilherme Dalla Déa comandou a categoria Sub-15 durante três anos e foi campeão do Sul-Americano em 2015. O treinador conhece bem a competição:

– O Sul-Americano é muito difícil, competitivo. É preciso muito do fator emocional e eles são muito jovens. É uma competição que prepara o jogador nesse sentido. Aqui eles começam a criar uma bagagem de Seleção Brasileira, se preparam para encarar desafios maiores pela frente nas outras categorias. Estou feliz de estar aqui vivenciando esse torneio depois.

Dalla Déa acredita que muitos desses meninos já aparecerão em convocações dele a partir do próximo ano e que Paulo Victor estará com ele no processo de transição. Os dias com a Seleção Sub-15 também servem de inspiração para os meninos, que acompanharam toda a campanha da Sub-17 na Copa do Mundo do Brasil.

– Ele foi campeão mundial e, em vez de descansar, quis estar aqui com a gente. Isso mostra que estamos todos unidos, toda a comissão da Seleção Brasileira. Foi muito bom ver o time do Dalla Déa. Era uma equipe muito forte – comentou o camisa 10, Arthur.

Recomendado para você pelo google

DETALHES

VÍDEO: Tenente do Corpo do Bombeiros conta como aconteceu a morte de irmãos em açude no Vale do Piancó

RESGATE HISTÓRICO

VÍDEO: Memorialista que conviveu com Luiz Gonzaga diz que havia incompatibilidade ente ele e Gonzaguinha

'CIDADE EDUCADORA'

VÍDEO: Na Câmara, professores aplaudem prefeito de Monte Horebe por aumento salarial acima do piso

HISTÓRIA DE FÉ

VÍDEO: Padre é homenageado com placa e exposição de seus objetos na Capela dos Remédios, em Cajazeiras