header top bar

section content

Sem jogadores e com dificuldade financeira, Aldeone discorda da volta do Campeonato Paraibano em julho

Reunião esta semana definiu retorno da competição. Sousa deve voltar a campo no dia 22 contra Botafogo-PB no estádio Marizão, em Sousa

Por Jocivan Pinheiro

21/06/2020 às 12h21 • atualizado em 21/06/2020 às 12h34

Aldeone Abrantes, presidente do Sousa

Aldeone Abrantes, presidente do Sousa Esporte Clube, não concorda com o retorno do Campeonato Paraibano no dia 18 de julho, como ficou decidido em reunião realizada na quinta-feira (18), em João Pessoa, entre dirigentes dos clubes da Série A.

Sousa deve voltar a campo dia 22 contra o Botafogo-PB no estádio Marizão, em Sousa. Mas Aldeone teme que não haja tempo e condições financeiras para testagem dos jogadores, estrutura de isolamento e segurança para retorno aos treinos. Além disso, a prefeitura proibiu atividades esportivas profissionais até 29 de junho.

“Não tem [condições]. No Faustão tem o ‘se vira nos 30’, então tem que se virar nos 30, se for o caso de voltar. Quando a CBF [Confederação Brasileira de Futebol] trouxe os R$ 120 mil que deu à Federação [Paraibana de Futebol], distribuíram em partes iguais, e não era para ter sido. Botafogo-PB e Treze receberam R$ 200 mil da Série C, Atlético-PB e Campinense receberam R$ 120 mil [da Série D], e quando vem o dinheiro para os outros clubes, distribuem igual. Para quem não recebeu o dinheiro da CBF, a Federação poderia isentar a taxa”, disse Aldeone Abrantes na live do podcast Minutos Finais, do site Voz da Torcida.

VEJA TAMBÉM

Parado pela pandemia, Campeonato Paraibano retorna suas atividades no dia 18 de julho

“No Ceará, o Ceará Sporting Club está pagando os exames de todos os clubes do interior. Em São Paulo, há campanhas e leilões para ajudar os clubes pequenos. Michelle deveria pensar nos clubes que não receberam recursos da CBF. Deveria dizer: ‘consigam os exames que iremos fazer nossa parte'”, completou o presidente do Sousa.

Vale lembrar que o Sousa está sem jogador no elenco, pois todos os contratos acabaram no fim de abril. Mesmo com apenas três atletas não tendo feito acordo para voltar ao clube quando o estadual for recomeçado, Aldeone prevê muita dificuldade para regularizar a situação.

DIÁRIO ESPORTIVO

PANDEMIA DO CORONAVÍRUS

VÍDEO: Dra. Paula faz apelo à população: ‘’saia de casa apenas para os casos de extrema necessidade’’

TAXA ELEVADA

VÍDEO: Cajazeiras está com 82% dos leitos de UTI ocupados, e casos de Covid-19 seguem aumentando

SEGUE A 'NOVELA'

VÍDEO: Prefeito de Cajazeiras aciona Justiça para não pagar auxílio a mototaxistas e outras categorias

MAIS IMUNIDADE

VÍDEO: Médico explica a importância das vitaminas C e D na ‘guerra’ contra o novo coronavírus

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!