header top bar

section content

Everton mata saudade e valoriza retorno à Seleção: ‘Lugar maravilhoso’

Artilheiro da Copa América, atacante do Benfica ressalta evolução e projeta início das Eliminatórias contra a Bolívia.

Por CBF

06/10/2020 às 09h07

Coletiva Éverton (Créditos: Lucas Figueiredo/CBF)

Há mais de um ano longe da Granja Comary, o atacante Everton já não se aguentava de saudade. A última vez em que ele esteve no Centro de Treinamento da Seleção Brasileira foi na véspera de sua primeira final com a Amarelinha. E o resultado não poderia ser melhor: com gol de Everton, o Brasil derrotou o Peru por 3 a 1 no Maracanã.

Muito por conta disso, o CT se transformou em sinônimo de felicidade para o atacante, hoje no Benfica. Após se apresentar à Seleção na manhã desta segunda-feira (5), Everton relembrou, em entrevista coletiva, os momentos que a Granja lhe trazem à memória.

“Acho que o momento em que eu pisei aqui na Granja novamente, deu para matar a saudade. Fazia mais de um ano que a gente não se reunia aqui. É um lugar maravilhoso, que faz parte da minha carreira, da minha história dentro da Seleção. Ano passado a gente foi muito feliz após fazer a concentração aqui”, declarou o atacante.

A Copa América foi a primeira competição oficial de Everton pela Seleção Brasileira. Agora, o Cebolinha terá uma experiência diferente com a Amarelinha. Nesta sexta-feira, quando o Brasil entrar em campo para enfrentar a Bolívia, na Neo Química Arena, começa a luta por uma vaga na Copa do Mundo de 2022.

Após se firmar durante a competição continental, Everton chega para a disputa das Eliminatórias muito mais consolidado, mas ciente de que, junto com o prestígio dos gols marcados e das boas atuações, vêm também uma responsabilidade ainda maior ao vestir a camisa da Seleção.

“Todo grande jogador quer essa responsabilidade, quer chamar essa responsabilidade, tanto na Seleção e quanto no clube. Só somos cobrados por aquilo que podemos apresentar. Creio que, se tiver uma pressão, temos que estar preparados, porque jogadores de Seleção têm que estar prontos para esse tipo de momento”, constatou.

Da Copa América para cá, Everton passou por grandes mudanças na carreira. O atacante deixou o Grêmio para reforçar o elenco do Benfica, de Portugal. Rapidamente adaptado, Cebolinha tem curtido os primeiros meses de casa nova e aproveitado para seguir evoluindo. Ele agora espera poder apresentar essa evolução à serviço da Seleção Brasileira.

“Tem sido um aprendizado muito importante na minha carreira, que tem me acrescentado muitas coisas, taticamente, tecnicamente, espero conseguir apresentar isso na Seleção”, atestou.

ALERTA

VÍDEO: Urologista revela que o novo coronavírus pode ser transmitido através do esperma

TAREFA ÁRDUA

VÍDEO: Enfermeira relata os desafios enfrentados na Ala COVID do Hospital Regional de Cajazeiras

PALAVRAS DE SABEDORIA

VÍDEO: Padre diz que indiferença é pecado e que tem se impregnado no coração da sociedade

PARA 2021

VÍDEO: Vereadores de Cajazeiras aprovam Lei Orçamentária Anual 2021 com valor de mais de R$175 milhões

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!