header top bar

section content

Morre aos 60 anos um dos maiores ícones do futebol mundial: Diego Armando Maradona

O ídolo do futebol argentino sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu

Por Luiz Adriano

25/11/2020 às 15h55

Diego Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu nesta quarta-feira (25) (Foto: Reuters/Gustavo Ortiz/Direitos Reservados)

Um dos maiores jogadores da história do futebol mundial e o maior jogador argentino de todos os tempo, Diego Armando Maradona faleceu aos 60 anos nesta quarta-feira (25) em sua residência, na cidade de Tigre, na Argentina. O craque sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu.

Maradona foi submetido a uma cirurgia no início de novembro, mas recebeu alta uma semana depois, após drenar uma pequena hemorragia no cérebro. O médico Leopoldo Luque disse que a cirurgia era classificada como simples, porém a condição de saúde de Maradona era preocupante.

VEJA TAMBÉM

Maradona é operado com sucesso de hematoma na cabeça, diz médico

O craque argentino foi campeão mundial na Copa do mundo de 1986, e ficou marcado na história das Copas do Mundo com os dois gols que marcou contra a seleção da Inglaterra nas quartas de final.

O gol marcado com a mão contra a Inglaterra ficou mundialmente conhecido pela “mão de Deus”. O outro tento, onde Maradona driblou metade do time (incluindo o goleiro), foi eleito pela Fifa em 2002 como o mais bonito da história das Copas do Mundo.

Além da Copa do Mundo de 1986, onde a Argentina foi campeã mundial, Maradona também jogou as Copas de 1982, 1990 e 1994.

Em 1990, ele participou da jogada que eliminou o Brasil nas oitavas de final. Já em 1994, Diego foi pego no exame de antidoping e cortado da seleção argentina.

Diego Armando Maradona conviveu com um grande adversário, o vício das drogas. Ele afirmou por várias vezes que era dependente. “Estou perdendo por nocaute”, disse o craque em 2004 à rede de televisão argentina “Canal 9”.

O argentino já havia sofrido um ataque cardíaco em 2000, vindo a se recuperar após tratamento rigoroso. Em 2004, enfrentou a obesidade e teve outra crise cardíaca e respiratória que também o deixou em situação bastante delicada. Em seguida ele fez uma bariátrica e em 2007 novamente passou por uma internação por apresentar sintomas de Hepatite, ocasionada pelo uso excessivo do álcool. O craque também foi internado em um hospital psiquiátrico.

Diego Armando Maradona nasceu em 30 de outubro de 1960 em Lanús, na província de Buenos Aires. Atualmente, era técnico do Gimnasia y Esgrima La Plata, um pequeno clube argentino.

Maradona foi um dos maiores jogadores da história do futebol mundial, ao lado de Pelé, o craque argentino disputou 676 jogos e marcou 345 gols em 21 anos de carreira na seleção argentina e em clubes.

DIÁRIO ESPORTIVO

LIQUIDA MORAIS

VÍDEO: Óptica Morais de Cajazeiras lança a maior promoção de todos os tempos no Sertão da PB; Confira!

RISCO DE CASSAÇÃO

VÍDEO: Advogado explica AIJE que acusa José Aldemir de usar verba da Covid para fins eleitorais

RISCOS E BENEFÍCIOS

VÍDEO: Pediatra tira dúvidas se grávidas e lactantes podem tomar vacina contra a Covid-19

CIÊNCIA E RELIGIÃO

VÍDEO: Cientista religioso diz que uso da fé pode ajudar a melhorar o sistema imunológico

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!