header top bar

section content

VÍDEO: Lutador de MMA cajazeirense dá detalhes de como foi ser campeão mundial na Rússia

"Eu fui o primeiro brasileiro a nocautear três russos dentro da Rússia", disse Bruno Blindado.

Por Luiz Adriano

07/01/2021 às 19h02 • atualizado em 07/01/2021 às 19h04

O campeão mundial Bruno Blindado, falou à TV Sul Cariri do Ceará, afiliada da TV Diário do Sertão e contou como foi a experiência de quando ganhou um cinturão na Rússia. Bruno disse que vinha enfrentando um momento de descrédito por parte de empresários, ai foi quando surgiu a oportunidade de lutar na Rússia, no entanto ele relata que se tratava de um desafio muito grande.

“Não tinha um histórico bom da Rússia, cada 10 caras que ia, um ganhava e olhe lá, tinha que nocautear ou matar o cara para ganhar a luta porque na Rússia, nem espere ir para os pontos que você não ganha”, explicou.

VEJA TAMBÉM

Bruno Blindado chora ao ganhar luta na Rússia e levar cinturão de campeão mundial de MMA

Mesmo com toda negatividade, o lutador brasileiro disse que enfrentou o desafio e conseguiu se destacar com feitos importantes em sua carreira: “Emplaquei três vitórias dentro da Rússia, peguei os três melhores caras da atualidade na Rússia, nocauteei o Frolov que era invicto, tava com 11 lutas e 11 vitórias, era um cara que tinha muito gás e eu nocauteei ele dentro da Rússia, na frente dos russos, na casa deles, e trouxe um título inédito para o Brasil. Eu fui o primeiro brasileiro a nocautear três russos dentro da Rússia”, disse Bruno.

Bruno Blindado é natural de São Paulo, mas optou por morar em Cajazeiras, Sertão da Paraíba, onde iniciou sua carreira com muita dificuldade e falta de apoio.

Em 2018, ele recebeu do Poder Legislativo, o título de Cidadão Cajazeirense durante sessão especial realizada na Câmara Municipal de Cajazeiras.

DIÁRIO ESPORTIVO

BOA NOTÍCIA

VÍDEO: Trecho que vai levar água da transposição para Cajazeiras será concluído em julho de 2021

SAÚDE

VÍDEO: Secretário de saúde diz que a PB está pronta para receber vacinas, mas presidente adia campanha

COLAPSO

VÍDEO: Empresário cajazeirense que mora em Roraima revela que oxigênio deve acabar em 14 dias

SAÚDE

VÍDEO: Após crise no Amazonas, diretor do Hospital Regional diz se o oxigênio pode acabar em Cajazeiras

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!