header top bar

section content

Jornal: presidente do Guanghzou só aceita vender Paulinho em janeiro

Desta forma, o Guanghzou Evergrande pode estar terminando com o sonho do jogador de defender o Barcelona

Por Priscila Belmont

10/07/2017 às 09h00

© Getty

O volante Paulinho fez de tudo para conseguir sua liberação junto ao Guanghzou Evergrande e fechar com o Barcelona, que fez uma segunda oferta, de 25 milhões de euros, pelos direitos do jogador. A equipe chinesa, no entanto, endureceu e não concordou em ceder o ex-Corinthians neste momento devido ao andamento do campeonato nacional.

De acordo com o jornal espanhol Marca, o brasileiro se reuniu na manhã desta segunda-feira com presidente do clube, Xu Jiayin, a fim de convencê-lo a aceitar a negociação. Argumentou que defender o Barcelona é uma oportunidade única e o sonho de qualquer jogador.

O dirigente teria entendido o pedido do jogador mas ressaltou que o atleta também precisa entender o lado do clube. Jiayin aceitaria negociar apenas na janela de transferências de janeiro.

Noticias ao Minuto

Recomendado para você pelo google

DESTAQUE

VÍDEO: Projeto de microcrédito coordenado por cajazeirense vence prêmio internacional em São Paulo

SE SENTINDO TRAÍDO

VÍDEO: Ricardo cita nomes responsáveis por racha e rejeita amizade com João: “Está na página deplorável”

FIM DO SONHO?

VÍDEO: Membro do comitê pede explicações sobre a não entrega do projeto do HU do Sertão dentro do prazo

VÍDEO

Júnior promete apoiar Denise para disputar prefeitura de Cajazeiras e denuncia gestão de Zé Aldemir